Contando as Bençãos

Um apelo urgente aos pais.
 
Da Equipe Pastoral
 
“E estas palavras, que hoje te ordeno, esta­rão no teu coração; E as ensinarás a teus fi­lhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te. Também as atarás por sinal na tua mão, e te serão por frontais entre os teus olhos. E as escreverás nos umbrais de tua casa, e nas tuas portas.”
 
Deuteronômio 6:6-9
 
Acreditamos que todos nós acompanhamos a discussão e polêmica em torno do vídeo de uma exposição realizada no Museu de Arte moderna de S. Paulo (MAM), que mostrava o artista Wagner Schwartz sem roupas, deitado no centro de um tablado, interagindo com os espectadores, incluindo uma criança que aparenta ter entre 4 e 6 anos de idade.
 
A me­nina, que estava acompanhada da mãe, além de olhar o corpo nu, toca na ponta dos dedos da mão e na canela de Schwartz e depois sai para assistir ao resto da apresentação.
 
Além deste fato, também tem causado muita discussão e polêmica, a chamada ideologia de gênero, fortemente divulgada em muitas escolas, que defende e afirma não existir ape­nas o gênero “masculino” e “feminino”, mas um espectro que pode ser livremente esco­lhido por cada indivíduo.
 
Percebemos claramente nestes eventos, bem como, por exemplo, não mais apenas na acei­tação, e sim, imposição da homoafetividade, um completo desprezo pelos valores e prin­cípios da Palavra de Deus, um ataque sem precedentes à família com a finalidade clara de destruí-la, e a doutrinação das crianças, visando prepará-las e adequá-las às novas formas de perversões e perversidades sexu­ais que por aí vêm, como por exemplo, a pe­dofilia, zoofilia e por aí vai...
 
Embora concordemos com as firmes e con­tundentes manifestações contrárias por parte de muitos cristãos, cremos que não devemos ficar apenas nesse tipo de reação através das mídias sociais.
 
É absolutamente imperioso que os pais ins­truam seus filhos em casa, exercendo o seu papel de educadores e autoridade moral e espiritual sobre a vida deles. É preciso tra­zer de volta, com urgência, o antigo “culto doméstico”, liderado, de preferência, pelos pais.
 
É imperioso ensinar a bíblia aos nos­sos filhos. Encorajá-los a conhecer e amar o Senhor. É fundamental que os princípios sagrados sejam inculcados em sua mente e coração, como o Senhor Deus havia já orde­nado no passado, a Israel, conforme o texto que encima esta pastoral.
 
Amados, o mundo em que nossos filhos e netos irão viver será muito diferente do nos­so. É o mundo que está sendo preparado para o surgimento e governo do anticristo. É o mundo que precisa destruir a mensagem cristã e todo o vestígio de cristianismo. E só há uma forma deles conseguirem resistir e sobreviver como cristãos: se a Palavra de Deus for semeada e plantada em seus cora­ções e mentes e os levar à conversão genuí­na e verdadeira a Cristo Jesus.
 
Engaje-se, proteste, e se manifeste usando todos os meios legais e legítimos à sua dis­posição.
 
Mas não esqueça que tudo poderá ser inócuo e em vão, se você não exercer sua autoridade paterna e materna na criação e educação de filhos convertidos e tementes a Deus.
 
Decida hoje, diante de Deus, que seus filhos não servirão ao inimigo. Decida hoje, diante de Deus que, no que depender de você, seus filhos não serão cooptados nem aprisiona­dos por ideologias malignas, e sim, serão servos do Deus Altíssimo, entendendo e cumprindo a missão de honrar a Cristo e le­var o seu Reino a todos os lugares.
 
“Oh, vinde, adoremos e prostremo-nos; ajoelhemo-nos diante do Senhor, que nos criou. Cantai alegremente a Deus, nossa for­taleza. Vinde, cantemos alegremente ao Senhor, cantemos com júbilo à rocha da nossa salvação.”

Salmos 95:6; 81:1; 95:1

 
Nosso culto da manhã de domingo começa às 10h30 e a mensagem do Pastor Vitor Valente será “O Desafios de Sermos Igreja de Jesus”, no texto de 1Timóteo 3.14,15. “A verdadeira e genuína Igreja de Cristo, que segundo o após­tolo Paulo é coluna e firmeza da verdade, precisa enfrentar e vencer desafios tremendos na atual sociedade secularizada em que vivemos. Um dos desafios é não se tornar uma ONG. Outro, não ser dominada pelo liberalismo teológico. E outro ainda, não se tornar um supermercado da fé”. A adoração da manhã de domingo começa às 10h30 e a mensagem gravada estará disponível no CANAL PIB COPA no You Tube, logo após a transmissão ao vivo na internet.

No culto da noite, que começa às 19 horas teremos a pregação de nosso missionário no Oriente Médio, onde pastoreia a Igreja de Cristo em meio à hostilidade e desafios diários com riscos para a sua própria vida. A adoração da noite de domingo começa pontualmente às 19 horas. Participe porque será benção para você e todas da sua família.

Quartas de intercessão e a palavra da verdade é o nosso culto das quartas-feiras. Além de in­terceder uns pelos outros e compartilhar­ nossas experiências do poder e do mover de Deus, também estudamos a Palavra do Senhor. Venha com­partilhar suas experiências, conhecer mais a Palavra do Deus Vivo e amadurecer na fé. Participe da reunião. A adoração começa às 19:30 horas.

A vida cristã requer o aprendizado bíblico e a PIB COPA, no coração de Copacabana é o lugar perfeito para você, e todos de sua casa, aprenderem a aplicar a Bíblia na prática. As inscrições para os próximos cursos já estão abertas. Veja os temas dos cursos que vão fazer você avançar espiritualmente: Mulher Única, Homem ao Máximo, Crown (finanças), Educando Filhos à Maneira de Deus e Como Alcançar o Coração de Filhos Adolescentes. Para matrículas, informe-se aos domingos no balcão da PIB COPA, ou fale com a Secretaria da Igreja.

A PIB COPA tem células funcionando em vários bairros da cidade, todos os dias da semana. Há células formadas por adultos de todas as idades, com casais, grupos de homens, mulheres, adolescentes e até células exclusivas com crianças. Você poderá participar de uma célula e ser ricamente abençoado. A sua casa também poderá ser anfitriã de uma célula da nossa Igreja. Ao final dos cultos procure pelos líderes de células ou por nossos pastores para obter mais informações.

“Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o SENHOR não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela”. Salmo 127:1